quarta-feira, 19 de maio de 2010

Hanson




A banda de pop Hanson foi formada em 1992 pelos irmãos Isaac Hanson (Guitarra e voz) Jordan Taylor Hanson (Piano e voz) e Zachary Hanson (Bateria eVoz) , em Tulsa – Oklahoma (EUA). Seguindo o estilo pop rock misturado com Soul e R&B e tendo como influência grupos dos anos 1950, 60 e 70, a banda começa participando de pequenos eventos, como piqueniques e alguns festivais de talento, já apresentando composições próprias, porém cantadas à capela, visto que os integrantes ainda não sabiam tocar instrumentos musicais, os quais seriam incorporados pouco tempo depois. Em 1997, após editar dois discos independentes (Boomerang, 95; e MMMBop, 96), a banda lança seu primeiro álbum de estúdio, Middle of nowhere, pela gravadora Mercury Records, o qual, por meio do hit MMMBop, atinge o topo das paradas de sucesso de todo planeta. Foi nomeada para três prêmios Grammy em 1998: gravação do ano, artista revelação, e melhor performance pop de dueto ou grupo. O que mais chama atenção no novo grupo entre o público é que ele é formado por integrantes muito jovens – na época, Ike, Tay e Zac tinham apenas 16, 13 e 11 anos respectivamente -, loiros e de cabelos compridos, no entanto os garotos também impressionaram os críticos, mostrando grande habilidade ao lidar com seus instrumentos e compondo canções cuja complexidade ia além da esperada para músicos tão jovens. O alcance da fama foi tão rápido e notável, que o governador de Oklahoma decidiu nomear o dia seis de maio, o dia oficial do lançamento do Middle of nowhere, como Hanson Day, ata ainda comemorada pelo grupo e seus fãs. Devido à maré de sucesso, a banda ainda aproveitou para lançar mais três discos: Snowed in, em 97; Three car garage e Live from Albertane, em 98. Na mesma época foram lançados os vídeos Tulsa, Tokio & Middle of nowhere e Road to Albertane, ambos contendo registros de apresentações ao vivo. Após um longo período ocupada com turnês mundiais e entrevistas, a banda Hanson se prepara para o lançamento de mais um disco, o This Time Around, lançado em 2000, pela Island Records. Apesar de ser considerado pelos críticos como o melhor trabalho já realizado pela banda até então, o disco não possui tanta repercussão quanto os anteriores. Em março desse mesmo ano, a banda pisa pela primeira vez em território brasileiro, com o intuito de divulgar seu novo álbum, porém, entre incontáveis entrevistas dadas e participações em programas de TV e rádio, ela acaba fazendo uma apresentação para 500 convidados no Rock in Rio Café; voltando em novembro, quando realizou mais cinco shows: dois em São Paulo, um no Rio de Janeiro, outro em Belo Horizonte e mais um em Porto Alegre.

Também foi lançado, em 2001, o vídeo Hanson - At The Filmore, registro de uma apresentação ao vivo da turnê de This Time Around. Naquele mesmo ano, a Hanson já planeja o lançamento de um disco, porém divergências musicais com a gravadora atrasam o lançamento do mesmo. Enquanto isso, a banda começa a produzir um documentário, o qual, a princípio, serviria apenas como making of do novo trabalho.

Em 2003, sem um disco pronto e ainda enfrentando conflitos com a gravadora, a Hanson pede demissão e decide montar seu próprio selo (que, posteriormente, seria o 3CG Records), para que, enfim, possa finalizar seu próximo trabalho.

Em 2004, a Hanson coloca à venda em seu site o Underneath Acoustic, uma prévia em formato acústico do que seria seu próximo disco. Algum tempo depois, finalmente chega às lojas de alguns países o Underneath, primeiro álbum de estúdio lançado pelo selo próprio da banda, o qual se tornaria o disco independente mais vendido daquele ano e um dos mais bem sucedidos da história da música 'Indie'. Também foi lançado o DVD Underneath acoustic live, registro de uma apresentação da turnê acústica do Underneath.

Em março de 2005, a banda retornou ao Brasil onde apresentou, em quatro shows, sua turnê acústica, começando por São Paulo, depois indo para Curitiba, Rio de Janeiro e, por fim, Belo Horizonte. Nesse mesmo ano, ela lança, em forma de CD e CD/DVD, uma coletânea ao vivo, gravada na Austrália e intitulada The Best of Hanson – Live & Electric.

m 2007, é lançado gratuitamente na internet, em forma de episódios, o documentário Strong Enough to Break o qual não registrou apenas os bastidores do Underneath, mas também revelou, através de uma turbulenta experiência pessoal da banda com sua antiga gravadora, problemas que ocorrem na indústria fonográfica e as dificuldades que os músicos têm que enfrentar. Junto com este documentário, veio mais outro, Taking The Walk , também lançado em forma de episódios pela internet, porém apresentando os detalhes da gravação do novo disco que estava prestes a ser lançado. Para o novo álbum, a banda viajou até a África, onde produziu parte das novas músicas, tendo em algumas delas a participação de um coral infantil sul-africano. Nesse mesmo ano, é lançado o disco The Walk, contendo uma faixa beneficente, a canção Great Divide, a qual é vendida pela internet e tem sua renda doada a um hospital sul-africano que cuida de vítimas da AIDS. A partir de então, a banda começa a ter assídua participação em projetos sociais - principalmente os vinculados a crianças, a AIDS e ao continente africano -, sobre os quais ela revelou sempre ter tido interesse.

Em comemoração aos dez anos do lançamento do Middle of nowhere, completados no dia seis de maio (Hanson Day) do mesmo ano, a banda fez uma regravação ao vivo e acústica do disco, em duas apresentações realizadas em Tulsa somente para os membros do fã-clube oficial. Também gravou, em estúdio fechado, versões acústicas para algumas canções de The Walk. Os registros dessas apresentações estão à venda no site oficial da banda. O primeiro, Middle of Nowhere Acoustic, foi lançado em forma de CD/DVD ( onde havia a música Yearbook, nunca tocada ao vivo antes )e o segundo, The Walk Acoustic, em CD e CD/DVD, sendo estes últimos obtidos através da compra do CD The Walk.

Também participou, junto com a fabricante de calçados Tom's Shoes, de uma campanha beneficente, a qual foi chamada de A caminhada, pois a banda caminhou descalça pelas ruas, acompanhada de adeptos ao movimento, em que, a partir da compra de uma par de sapatos da Tom's Shoes, a instituição doava mais outro a uma criança africana. Cerca de 50 mil pares foram entregues pessoalmente pela banda e pela empresa.

3 comentários:

S E U - N E R D disse...

Nunca Tinha ouvido falar nessa banda.. vou ver umas musicas aqui no youtube pra ver como eles cantam ;D

Roberta Seabra disse...

Eu até gostava de algumas músicas do Hanson, mas gostava mesmo de Backstreet Boys.

Um Fãnatico Por Hanson disse...

Muito show adoro essa banda sou um fanson e sem vou ser

Postar um comentário